quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Continuando o diálogo lançado em “Cidades pela Retoma”: pistas (1)

O fenómeno de esvaziamento do centro das cidades (cada vez mais penosamente evidente em Faro), a par do crescimento (no caso, desordenado) das periferias, está interligado com um outro: a dependência do automóvel, que tão fortemente nos caracteriza.

Assim um não se poderá resolver sem considerar o outro - e ambos parecem essenciais para repensar Faro.

Mas... existirá vida para além do carro?!? ;)
Essa é a questão que se irá explorar em próximos posts

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agradecemos o seu comentário!
A publicação ficará a aguardar moderação (esperamos que não mais que 1 ou 2 dias...)

Ocorreu um erro neste dispositivo