domingo, 12 de junho de 2011

Iniciativa aHorta já na internet - participe!

Para todos os interessados em agricultura urbana - seja em quintal, horta comunitária, varanda ou... monitor de computador ;) - aí está finalmente online a Iniciativa aHorta - à mão de semear !!
http://ahorta.ning.com/
Criado pela Associação In Loco, com um conjunto de parceiros, incluindo o Glocal>Faro, este espaço virtual interactivo vem facilitar a partilha de informação, apoio e diálogo entre quem cultiva, ou quer começar a cultivar, a sua própria horta, em terreno, talhão ou vaso, no Algarve e não só.
«A iniciativa aHorta visa o desenvolvimento da agricultura biológica urbana e a criação de espaços de produção e consumo de proximidade.
...é uma rede social onde qualquer interessado se pode inscrever gratuitamente, individualmente ou integrado num grupo, para partilhar experiências e aprofundar a articulação de iniciativas similares de Norte Sul de Portugal»
Destaque-se a existência do Consultório Agrícola online, que responde a dúvidas e divulga «técnicas e boas-práticas agrícolas, importantes para quem se inicia na aventura de criar a sua Horta». Existe também já um grupo para a "Horta Comunitária Nascimento", de S. Brás de Alportel, cujas inscrições vão abrir no próximo dia 15 de Junho - dia em que será também feita a apresentação pública do site.

Irá criar-se igualmente um grupo específico para Horta de Faro, quando esta entrar em funcionamento. Bem como, claro, outros grupos que correspondam aos interesses dos membros desta rede. A iniciativa também é sua!

Para começar a participar basta registar-se em: http://ahorta.ning.com

Como noutras redes sociais, poderá depois escolher grupos em que se envolver, dialogar com outros membros, adicionar conteúdos, etc - bem como configurar, por exemplo, que informação quer receber por email.

Link para Nota de Imprensa (pdf)

1 comentário:

  1. Achei bastante util.

    Devia esta iniciativa ser efectuada em muitas cidades para dinamizar a Agricultura saudável e local em tempos de crise que se aproxima a redução de custos que muitas famílias vão ser obrigadas .
    Esta ideia é inovadora e útil.

    ResponderEliminar

Agradecemos o seu comentário!
A publicação ficará a aguardar moderação (esperamos que não mais que 1 ou 2 dias...)

Ocorreu um erro neste dispositivo