quinta-feira, 6 de maio de 2010

Ciclo de Tertúlias: Recursos Naturais - A Agricultura Biológica como exploração Sustentável

“Comer saudável é viver saudável”, ou não fossemos o reflexo de nós próprios. Parceiro da “máquina global”, o Homem integra as suas necessidades vitais na economia mundial, podendo não só assumir-se como consumidor passivo, como também investir na sua própria produção. Este será sempre o mecanismo que desencadeia o investimento na agricultura biológica (exploração e comercialização).
A agricultura biológica é o termo frequentemente usado para a produção de alimentos, que não faz uso de produtos químicos sintéticos, tais como fertilizantes e pesticidas, nem de organismos geneticamente modificados, e geralmente adere aos princípios de agricultura sustentável. Este sistema de produção, que exclui o uso de fertilizantes, agrotóxicos e produtos reguladores de crescimento, tem como base o uso de estercos animais, rotação de culturas, adubação verde, compostagem e controlo biológico de pragas e doenças. Pressupõe ainda a manutenção da estrutura e da profundidade do solo, sem alterar suas propriedades por meio do uso de produtos químicos e sintéticos
A agricultura biológica tornou-se num princípio activo e recorrente, destinado a todos os que queiram investir na exploração do sector primário, de uma forma sustentável. No seguimento da emergente ‘propaganda’ sobre agricultura biológica, o NRS-APEA aposta agora na organização de uma pequena tertúlia, destinada a esclarecer e motivar os seus participantes para este tipo de investimento. A tertúlia irá decorrer no próximo dia 7 de Maio 2010 (Sexta-feira), entre as 18h30 e às 20h00 na Pastelaria “Portas do Céu” em Loulé. Para um pleno esclarecimento dos participantes, iremos contar com a participação da Eng.ª Ana Arsénio (associação IN LOCO), Eng. Marreiros (DRAALG) e Eng.ª Maria Mendes (DRAALG).

Para conhecer os detalhes actualizados do programa da visita e outras informações, consulte o nosso site!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agradecemos o seu comentário!
A publicação ficará a aguardar moderação (esperamos que não mais que 1 ou 2 dias...)

Ocorreu um erro neste dispositivo